Escravidão e tráfico humano

Legal Policy Image
Abordagem à lei de escravidão moderna do Reino Unido e à lei de transparência de cadeias de suprimento da Califórnia

A Kimberly-Clark Corporation verifica as cadeias de suprimento de seus produtos para avaliar e abordar os riscos de tráfico humano e trabalho forçado. Confirmamos a conformidade de um fornecedor principal com as normas para tráfico humano e trabalho forçado através de um ou mais dos seguintes: (i)  declaração de conformidade de um fornecedor; (ii) uma inspeção pelo pessoal da Kimberly-Clark; ou (iii) uma auditoria independente por um terceiro. Também auditamos nossos principais fornecedores para garantir que suas práticas estejam em conformidade com as leis nacionais aplicáveis referentes a tráfico humano e trabalho forçado.

O Código de Conduta da Kimberly-Clark determina as expectativas da empresa e cria um senso de responsabilidade para nosso pessoal no que diz respeito aos direitos humanos e a outras preocupações éticas. Da mesma forma, publicamos as Normas de Conformidade Social do Fornecedor, que determina nossos princípios e procedimentos para que fornecedores, funcionários e contratados sejam responsáveis por combater o trabalho forçado e tráfico humano. A Kimberly-Clark oferece treinamento sobre tráfico humano e trabalho forçado para seus funcionários e gestores com responsabilidade direta por nossa cadeia de suprimentos. O treinamento inclui um forte foco em como identificar e mitigar riscos.